06/04/2016

Eu acho que eu vi um bolinho

Praça

Minas Gerais tem uma das cozinhas mais tradicionais e adoradas do Brasil. Sabores e receitas marcantes como os da cachaça e pão de queijo tornam a culinária popular em todo mundo. O que pouca gente sabe, é que Minas, especialmente a região metropolitana de BH, é também a terra do bolinho.

Bolinho_SecondBolinho_third

Na real, o motivo não é pelo costume de se fazer o doce, mas sim pela invasão [do bem], promovida pela grafiteira Maria Raquel ‘Bolinho’, que já grafitou mais de 600 bolinhos na região. O bolinho, de acordo com ela, é um personagem desenvolvido para açucarar e colorir a cidade.
Parece que está dando certo,não é mesmo?
Bolinho_fourth

 

Para acompanhar o trabalho, basta seguir a artista no Instagram!

Notícias Relacionadas


    09/11/16

    Quem disse que criança não pode ter bike compartilhada?

    Praça

    Algumas cidades do Brasil já estão acostumadas com as iniciativas desenvolvidas por empresas para contribuir com a mobilidade urbana. Em São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, a população conta com o serviço de aluguel de bicicleta promovido pelo Itaú e Bradesco. Estamos em um processo de amadurecimento e, principalmente, mudança de cultura. Ninguém […]

    16/07/16

    O Paraíso das massas em São Paulo

    Praça

    Sabe quando você visita um lugar e vai se identificando com cada coisinha, cada detalhe? Aconteceu isso recentemente quando visitei o Piazza Zini, um restaurante italiano em São Paulo. Durante a semana, o restaurante oferece almoço executivo no sistema de auto-atendimento, onde você se serve, recolhe sua bandeja e não precisa pagar 10% pelo serviço. Já no final […]

    16/07/16

    Comida de avião

    Praça

    Você é aquele tipo de pessoa que está sempre pensando em comida? Que enquanto seus amigos estão pensando com que roupa vão, que horário chegar, você está pensando no que vai ser servido? Se pensa assim é provável que tenha essa preocupação peculiar quando vai voar. Se você respondeu sim para todas as situações até agora, acreditamos […]